O Âmbar

O ÂMBAR

Quanto a esta Pedra Âmbar, vamos fazer um esclarecimento a que grupo de Gema, pertence o Âmbar, bem as pedras pertencem ao grupo dos minerais, o Âmbar pertence ao grupo de origem orgânica sendo do mesmo grupo das pérolas, madrepérola, âmbar, marfim e outras menos conhecidas.

Ambar natural

Amostra de Ambar

 

SUA ORIGEM

O Âmbar pertence ao grupo de origem vegetal, sendo que é o único desta espécie, o Âmbar se desenvolveu a 30 milhões de anos, através do aumento da temperatura de um pinheiro chamado Pinus Succinites, e começou a produzir uma resina que com o tempo se cristalizou e hoje temos esta pedra com características da resina que
conhecemos e é usado como pedras em joias e peças de adorno.

Também muito conhecida pelos paleontólogos, por conter em seu interior insetos e outros pequenos animais, os quais são estudados, afim de estudos de paleontologia.

QUANTO AO TAMANHO

O Âmbar já foi por muito tempo peça de adoração, e já foram atribuídas a ela propriedades sobrenaturais, O Âmbar se formou ao longo do tempo em blocos, que chega até 10 Kg cada, o maior exemplar desta pedra, é conhecida com ÂmbarBirmânis que tem 15.250 Kg, está no museu de História Natural de Londres, e no Museu de Ciências Naturais de Berlin tem uma peça de 9.810 Kg com 47 cm de comprimento.

QUANTO ÀS CORES

Coleção de Âmbar

Âmbar Natural

Quanto suas cores vão de amarelo a marrom escuro, passando por marron-esverdeado, marron-avermelhado, azulado, cinza, sendo as corres mais raras vermelha, branca e verde e a azul é a mais valiosa de todas por sua raridade, podendo encontrar peças com tons e cores sobreposta e variadas.

CARACTERÍSTICAS

Quanto a sua cor, pode ser melhorada aplicando várias técnicas, a principal delas é literalmente o cozimento da mesma, a uma temperatura de amolecimento de 150º C e se funde a 250 º C,
que por ser de baixa dureza entre 2,0 a 2,5, na escala de Mohz sendo o talco dureza 1 e o
Diamante dureza 10, e a maioria das pedras de origem mineral estão entre 6,0 a 8,0 da escala Mohz.

Ao ser aquecido ela tende a derreter fazendo assim a junção das fissuras e fendas, conseguindo assim uma pedra compacta sem as fissuras. No Brasil não se tem registro do encontro de Âmbar.

OS FÓSSEIS NO ÂMBAR

Como o Âmbar foi gerado através de resina das arvores, muitos insetos e aranhas ficaram aprisionados e por consequência da resina ser pegajosa, permaneceram no interior do Âmbar, sendo assim muito
valioso para os estudos de Paleontologia, muitas das peças estão em museus ou em laboratórios para estudos científicos.

SEU USO

Pingentes com Ambar

Pingentes com ambar

O Âmbar é usado como gema para adorno de joias e peças ornamentais e são lapidados como cabochão e facetado, apesar de que apenas 15% tem seu uso a estes destinos, pelo seu valor científico e de pesquisas.

Bem o Brasil é muito rico em pedras de origem mineral de cores e nuance lindíssimas, então entre nós, esta pedra não se tem muito valor, porém sua imitação é relativamente fácil visto que a resina pode conseguir muitas imitações e ainda com mais facilidade imitar um Âmbar

Leia também:

PEDRA ESMERALDA

Se você gostou desta matéria, RECEBA GRATUITAMENTE UM E-BOOK
EXCLUSIVO PARA VOCÊ:

AS 12 PEDRAS BRASILEIRAS MAIS FAMOSAS

 

Conheça Também
Outros Artigos

Conheça também os nossos cursos